Notícias

Cegueira transitória, como a de Inácio, pode acontecer na vida real

Personagem da novela das 6 voltou a enxergar após período de escuridão
 
 
Cegueira  transitória como a de Inácio, personagem da novela Tempo de Amar, pode acontecer na vida real. 
Na trama das 6, o jovem português sofreu um assalto e uma lesão na cabeça, que o levou a perda da visão.  Com um tratamento oftalmológico, ele voltou a enxergar no capítulo que foi ao ar no último dia 06.
 
Segundo o professor doutor em Oftalmologia, Marcello Colombo Barboza, diretor do Hospital Oftalmológico Visão Laser, em Santos, há outras causas para a cegueira transitória. "Em geral, ela está ligada a problemas vasculares, quando para o suprimento sanguíneo que abastece a região ocular, por obstrução de artérias ou arritmias, ou, ainda, hemorragias internas oculares. Tumores que podem comprimir o nervo também podem ser causas de cegueiras transitórias. Quando se restabelece essa condição, o indivíduo pode voltar a enxergar".
 
Há também a cegueira reversível, cuja maior causa no mundo é a catarata - a opacidade parcial ou total no cristalino, a lente natural do olho. Acomete  cerca de 45 milhões de pessoas, segundo dados da OMS (Organização Mundial da Saúde). Prejudica muito o dia a dia do paciente, ao tornar sua visão nublada, alterar o grau de longe e de perto e a visão em ambientes com baixa luminosidade. "Quando o paciente se submete à cirurgia, ele tem sua visão de volta por completo".
 
A Organização Mundial de Saúde (OMS) estima que 75% dos casos de cegueira no mundo são tratáveis ou reversíveis. A Sociedade Brasileira de Oftalmologia (SOB) aponta que há 37 milhões de cegos em todo o planeta, sendo que 82% têm mais de 50 anos.
 
Irreversível - Já a principal causa da cegueira irreversível é a retinopatia diabética, uma das doenças oculares provocadas pelo aumento da taxa de glicemia no sangue. Atinge em média 90% dos diabéticos do tipo 1 (que dependem da insulina) e 40% dos pacientes com o tipo 2 (não-congênito).
 
A segunda maior causa de cegueira irreversível é o glaucoma, doença multifatorial complexa, provoca dano no nervo óptico e a perda progressiva e irreversível do campo visual.
 
O dano no nervo óptico geralmente é causado pelo aumento da pressão dentro do olho, porém, pacientes com nível normal de pressão intraocular também podem desenvolver a doença.
 
"Para preservar a visão é fundamental que o indivíduo passe regularmente pelo oftalmologista, que realiza teste de acuidade visual, exame de fundo de olho, medida de pressão intraocular e exame de campo visual, entre outros, que são importantes para detectar qualquer anormalidade", diz o especialista.
 
Em casos de acidente com os olhos ou de qualquer diferença na visão é importante procurar com urgência um médico oftalmologista, que poderá diagnosticar o que está acontecendo e dar o tratamento adequado.
 
Sobre o Hospital Oftalmológico Visão Laser

Fundado em 1936, pelo Dr. Luiz Barboza Filho, como Clínica Visão, o Hospital Oftalmológico Visão Laser, em Santos, é referência em saúde ocular na Baixada Santista. Hoje a unidade é dirigida pelos familiares do fundador, o filho Luiz Roberto Colombo Barboza, a nora Maria Margarida e os netos Marcello e Guilherme Colombo Barboza - todos oftalmologistas.
 
O VL conta com profissionais de diversas subespecialidades clínico-cirúrgicas, além de anestesistas, enfermeiros e ortópticos. Mantém intercâmbio com os maiores centros oftalmológicos do Brasil e do mundo, como o Instituto Barraquer, em Barcelona (Espanha), e o Bascom Palmer, em Miami (E stados Unidos). É credenciado pelo Ministério da Saúde para captar e transplantar córneas na região. O endereço é Avenida Conselheiro Nébias, 355, Vila Mathias, telefone (13) 2104-5000.
 
Mais informações no site www.visaolaser.com.br.
 
Fonte: Fe Mello Comunicação
 
Cadastre-se